Páginas

domingo, 9 de agosto de 2015

Promessa

Talvez você jamais saiba
mas dentro de mim ainda mora
a emoção que em si não caiba
tudo o que a vida comemora!

Talvez você sequer perceba
que eu sou mesmo assim
distante de quem quer que veja
mas forte para ir até o fim!

Talvez você sequer perceba
mas eu sou mesmo assim
e vou com você até o fim

pra que finalmente me veja
muito além de onde eu esteja
com você pra sempre em mim!

Smartphone

Com um smartphone na mão
perdi o trem que conduz á vida,
iludido sem perceber a solidão
que me corrói feito ferida!

Com um smartphone na mão
perdi o seu sorriso e a alegria
que me trouxe tanta satisfação
e a tudo perdi numa tela vazia!

Com um smartphone na mão
perdi o corpo, alma e o coração
observando uma tela vazia

no instante em que a solidão
aos poucos a mim consumia
levando a minha paz e alegria!

Renegados

Os renegados da obra e da fé
enfrentam o estado por trás das minorias,
usando o homem, a criança ou a mulher
com desculpas de combater fobias,

usam homofobia, cristofobia,
qualquer tema que dê ibope,
falam contra o racismo todos os dias
e o povo embarca enquanto sofre!

Os renegados da obra e da fé 
caçam crianças, homem ou mulher
para combaterem as muitas fobias

que trafegam nuas nas praças das Sés
seja a famigerada esquerdafobia
ou mesmo a desesperada direitafobia!

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

É o pai

Quando a vida por si só pesa,
quando a dor por um instante cai
o que sempre nos mantém na meta
é o eterno apoio de um pai!

Ás vezes quando desistir é fácil,
ás vezes quando tudo de bom se vai
você volta e comtempla a face
do amigo a quem se chama de pai!

Ás vezes pouco a pouco tudo pesa,
ás vezes a dor em si sobrecarrega,
a gente nem vê por onde cai

e aquele que sempre nos eleva
nem sempre anda onde a gente vai,
o amigo de todas as horas é o pai!

Santa Clara

Santa Clara clareou o caminho
e qdo chegar mais vai clarear,
com sua luz não fico sozinho
porque muito tem a melhorar!
  
Santa Clara clareou a vida
Ee muito mais vai clarear
livrando-nos da dor e ferida
porque muito tem a melhorar!

Mas se clareia Santa Clara
clareando via meu coração
livrando-me da dor deste chão

por ser seguidor em minha fala
que canta o canto que fala
que sua luz me livra da tentação!

A poesia em você

Se me perguntam onde vejo poesia
meus olhos brilham sem avisar
e minha maior felicidade e alegria
não consigo nem me expressar!

Se me perguntam de onde vem
tanta paz, quietude e harmonia
que a mim fazem tanto bem
que transformo sempre o meu dia!

Se me perguntam onde estou
e o caminho em qual vou
que tanta alegria traz ao meu ser

respondo apenas que o amor
razão maior do meu viver

é o fato de sentir a poesia em você! 

sábado, 1 de agosto de 2015

Sete bênçãos

Consiga visualizar no seu dia
sete bênçãos para ser feliz,
sete razões para a alegria
feito o ar puro em seu nariz!

Consiga agradecer em seus dias
sete bênçãos que lhe fazem vibrar
feito o amor, o sonho e a alegria
tudo de bom em que acreditar!

Consiga mentalizar todos os dias
sete bênçãos que lhe dão alegria
e fazem sempre em si acreditar

numa vida de sorrisos e harmonia
ao ver que muito mais vai chegar
embora seja pouco o que tem a lembrar!

Excluído

Tudo o que agrega, congrega, segrega
e o ser a que se une a outros separa
enquanto a luz expulsa as trevas
aquele que bem fala melhor se cala!

Se precisa unir prepare-se para separar
pois sempre há quem não se encaixa
nesta onda de juntos todos vamos lutar
há o que prefere outro lado da faixa!

Tudo o que agrega, congrega, segrega
a luz que expulsa todo dia as trevas,
o amigo que tem os seus preferidos

aos quais a sua atenção nunca nega
e não vê que sem sentir gera inimigos,
sempre há quem queira se sentir excluído!

Soneto errado

Não foi eu quem a perdeu
foi você que fez por merecer
o sonho lindo que por nós nasceu,
mas quis por tudo a perder!

Não foi eu quem escreveu errado
foi você que não quis entender
que amor não pode ser ignorado
e, agora lamenta o sofrer!

Não foi eu quem abriu mão do sonho
foi você que não viu o que componho
e disparou pra tudo quanto é lado

transformando em algo medonho
meu verso que para você foi idealizado,
daí o porque o soneto saiu errado!