Páginas

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Por um minuto de paz

Com toda a certeza estou preso num tempo
usando a contra gosto um corpo emprestado
seguindo valores aos quais não mais pertenço
aguardando apenas pelo fato consumado!
Ouço a todo instante funk, reggae, hip hop,
baladas, axé, country, mambo, sertanejo,
grupos de samba, foxtrot e adeptos do rock
sem sequer ter respeitado meu único desejo!
Sou um trovador do século dezesseis
com um i phone chinês em uma das mãos
pedindo a Deus por um minuto de paz
sem sequer por um segundo perceber
que a importância da quietude e solidão
também é um momento que a mim apraz!

Nenhum comentário: